FICOU NA MEMÓRIA: Relembre a novela “Marcas da Paixão”, da Rede Record

image

Escrita por Solange Castro Neves, Marcas da Paixão é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Record, cuja exibição ocorreu entre 8 de maio e 18 de novembro de 2000, totalizando 120 capítulos, e foi substituída por Vidas Cruzadas.

image

Solange Castro Neves, autora da novela

É uma obra representativa na história da teledramaturgia da emissora, sendo esta a primeira telenovela completamente desenvolvida pela rede desde Canoa do Bagre em 1997 e também a primeira a ser assinada por Neves.

A novela foi inicialmente anunciada para abril de 2000; logo após foi divulgada pela cadeia televisiva uma data fixa: 15 de maio. O primeiro capítulo de Marcas da Paixão acabou indo ao ar oficialmente no dia 8 de maio de 2000, na faixa das 20h15 pela Record. Exibida de segunda a sábado, recebeu a classificação indicativa como imprópria para menores de 12 anos, e em sua reprise em 2004, foi livre para todos os públicos.

Sua abertura era transmitida ao som de “Marcas da paixão”, interpretada pela dupla Gian & Giovani. Marcas da Paixão foi vendida e exibida em Portugal em setembro de 2000 no horário nobre do canal RTP.

● Elenco

image

Contou com Vanessa Lóes, Carla Regina, Walmor Chagas, Eriberto Leão, Carlos Casagrande, Irene Ravache, Antônio Petrin, Natália Nobeschi e Cláudio Cavalcanti nos papéis principais.

• Enredo
O encontro de duas irmãs, Cíntia e Guida, criadas por mães diferentes em ambientes opostos, é o ponto de partida. Com a morte do pai, um rico fazendeiro, as duas se conhecem e formam um elo, não só para administrar a herança, mas também contra um inimigo oculto. Acabam descobrindo nos laços de sangue a força de superar o passado e sair em busca do futuro. Mas dá-se o inesperado: ambas se apaixonam pelo mesmo homem. Poderá esse amor repentino acabar com a união das duas? Ou os laços de família serão mais fortes que as tramas da paixão?

Tudo tem início quando o pecuarista Jorge Maia viaja com Ivan, engenheiro agrônomo, para o interior da Bahia. A intenção é de implantar em uma de suas fazendas, modernas técnicas de irrigação. À noite, para relaxar, Ivan convence Jorge a acompanhá-lo num cassino. Lá, Jorge, que já é rico, quebra a banca, ganhando uma fortuna. Informados de que uma perigosa quadrilha planeja roubá-los, os dois conseguem fugir pelos fundos do cassino. O dinheiro acaba sendo depositado na conta bancária de Diogo, um jovem veterinário criado por Jorge como filho, na fazenda Fantasia, com o auxílio de Dete, governanta da família e caso amoroso do patrão.

Ao tentarem fugir de avião, Jorge e Ivan se deparam com os bandidos, que os perseguem na pista. Jorge consegue entrar no avião e Ivan grita para que o amigo dê a partida, pois irá encontrá-lo. O avião decola deixando Ivan, para desespero do amigo. O avião explode no ar e Ivan é torturado para revelar o paradeiro do dinheiro ganho no cassino. Todo machucado, ele é abandonado à beira de um riacho.

Bastante machucado, Ivan é recolhido por um mateiro nordestino, Adrião e sua filha Lazinha (Natália Nobeschi), uma adolescente surda. O rapaz é levado para o rancho onde pai e filha moram. Neste ínterim, o pai de Ivan, o advogado Djalma, dá início à procura pelo filho, que acredita ainda estar vivo. De outro ponto, o juiz apressa-se em cumprir a determinação de Jorge, que deixa todo o seu espólio para as duas filhas, nascidas de rápidas aventuras com mães diferentes e criadas longe do pai.

A notícia da morte do pai chega às filhas. A mais velha, Cíntia, mulher sofisticada, é arquiteta residente em São Paulo. Já Guida é totalmente diferente da irmã. É moça simples, professora rural e vive com a mãe, Wilma, o padrasto e os irmãos no interior da Bahia, numa cidade chamada Barro Alto. Guida acaba indo para a fazenda do pai, onde passa a tocar os negócios com a irmã, Cíntia. À medida que o tempo passa, as jovens passam a se conhecer melhor, somando diferenças e superando dificuldades.

Ambas acabam dividindo a atenção de Diogo, mas são hostilizadas por Dete, inconformada com a decisão de Jorge em deixar toda a sua fortuna para as filhas.
Paralelamente à história das duas irmãs, se desenrolará a vida dos parentes e amigos de Guida no sertão baiano, bem como a recuperação de Ivan, tido como desaparecido, após o acidente aéreo envolvendo Jorge.

• Curiosidade
Em janeiro de 2000, a produção foi iniciada e o título provisório Laços de Família foi divulgado. A novela substituta de Terra Nostra, da Rede Globo e que seria assinada por Manoel Carlos, teria o mesmo nome da divulgada por Neves, que declarou: “Foi a maior coincidência de toda a minha vida”. Alguns jornais divulgaram que o título havia sido trocado para “Laços de Ternura”, mas não é verdade. Ainda não tive tempo para pensar num outro nome”.

A produção de Laços de Família da Rede Globo começou e em fevereiro a trama da Record continuava com o seu título, a autora dizia: “O nome da minha novela está registrado. Por que eu é que tenho de mudar?”.

E finalmente em abril, as notas sobre a trama da Record já eram divulgadas com o novo título oficial, como Marcas da Paixão.

image

● Na próxima semana, teremos uma enquete com três novelas, será uma trama para cada emissora correspondente: Globo, SBT e Record. Divulgaremos as novelas candidatas na próxima semana, e a mais votada será postada aqui no “Ficou na Memória”. Não perca, contamos com seu voto e a sua participação!

Curta a Expresso TV no Facebook e fique por dentro das notícias, consolidados e muito mais: https://m.facebook.com/tvnewsaudiencia

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s